sexta-feira, 9 de novembro de 2012

Enzerinho

Esta vai ser longa... há muito que não me manifestava. Leos, Kandaurovs, Nunos Gomes andavam afastados do Benfica e como bom desportista, aceitava a derrota (mais ou menos) e a vitória obviamente de braços abertos.

Mas voltou um cancro. Isso mete-me fora de mim! É injusto. Os benfiquistas não merecem.

Imediatamente antes de começar o que aqui me trás, quero dizer que utilizei um jogo para falar em que a comunicação social, acredito, angaria fundos para fazer uma estátua a Enzo Perez, sobretudo na primeira parte, do jogo Benfica-Spartak.

E nem isso que me irrita mais. Pior ainda é receber mensagens do Rearviewmirror, constantemente a avisar-me da genialidade do mesmo jogador.

Estas opiniões vêm também de benfiquistas comuns e já explico porquê no final da 1ª parte*

Inaceitável!


Que comece e que dure a batalha O TEMPO QUE FOR PRECISO!

                                                                      --------------------------
1ª PARTE

Antes de mais, eu tenho de facto algo contra ele, de princípio. Não sou gajo para me refugiar em subterfúgios de falsas moralidade e defender-me em redes pecaminosas. 

Acho que um desertor é isso mesmo, um desertor. Qualquer um que tenha sido militar como eu, sabe todo o significado desse nome. 

O julgamento sumário, injusto ou não, que lhe faço, é esse. De desertor. De gajo sem honra. De fugitivo com intenção de quebrar um contracto. 


Fica ao critério dos princípios de cada um, dos valores. Os meus não são melhores que o dos outros, mas não me esqueço e não abdico deles! Nem para mim, nem para os outros.

Mas não é o ter sido desertor que me afecta a análise táctica, não se enganemos. 

Embora o Stockholmssyndromet colectivo no Benfica, seja bastante repetitivo ao longo dos anos, o único sentimento que me provoca é de espanto perante o fenómeno que não entra nas contas da opinião que tenho dentro do campo e num jogo mais que interiorizado de Jesus.

Adiante, mas sem antes um reparo. Nunca lhe chamei cepo. Cepo é um jogador que não faz posição nenhuma. Ele pode ser um extremo bom. É bom que se diga isto, porque cai-se muitas vezes no exagero que leva a pressupostos errados.

Se repararem bem, quem são os jogadores que que a imprensa comenta como estando mal?

Ou estando "em baixo de forma".

Para este jogo:

Maxi: “quer-me parecer que está a subir de forma” –o que condiz com a generalizada opinião que esteve “em baixo de forma”.

Salvio: “acaba os jogos todo roto”

Bruno César: “que não joga um c@ralh0”

Rodrigo: “Onde anda o nosso Rodrigo?!?” – 

O que têm estes 4 jogadores em comum? 

Posicionalmente Bruno Cesar entra para ter a mesma função que Rodrigo. Jogar atrás do Ponta de lança, fazer movimentações em diagonal com bola corrida. São diferentes até no estilo e o jogo é naturalmente diferente. A única semelhança é “estarem em baixo de forma”…


É claro muito mais que isso, mas para já fica assim.

E com os outros dois: Maxi e Salvio?

Pois, todos eles descaem na direita ou partem da direita. E todos eles estão a “sacrificar” o seu jogo, para ajudar Enzo a colmatar o que não tem… que faz médio centro a atacar e de interior direito a defender.

Não conseguem ver isto?

Eu dou-me ao trabalho de mostrar apenas e sempre com o intuito de justificar a minha “não” cisma a qualquer preço, mas principalmente de mostrar o que vejo. 

O Jesus teve sempre o mesmo modelo de jogo. Sempre. Sempre as mesmas movimentações. Tacticamente foi evoluindo, mas o modelo manteve-se sempre.

No Benfica teve a sua maior mudança de sempre na táctica, encontrando jogadores que lhe permitiam isso.. 

Do 4-1-3-2 para o 4-4-2. Mas este 4-4-2 é um 4-1-3-2 defensivo.

Isso ele não abdicou! 

Teve gente que corre mais e outra cultura táctica e pôde fazer isso. Ramires e Witsel.

E porquê é que eu estou falar disto? 

Porque ao saber isto de palmatória, sei que Enzo não é aquele jogador para fazer isto. 

Não é o jogador para ficar à frente de Almeida e puxar Salvio e Ola ou Gaitan ou Nolito, quem jogar do lado esquerdo e dar garantias que defende sempre concentrado, mas principalmente e sobretudo de ser o primeiro a ter bola nos pés para sair a jogar.

Este é o jogador mais importante de todo o modelo e transições e construção de jogo de Jesus.

Nada funciona naquilo que o Jesus pede, se isto não funcionar. Vai funcionando a dinâmica das correcções a isto. 

Até quando? Até todos darem o berro? Até um destes importantes se lesionar? Até entrar um gajo que não lhe compense as falhas porque não sabe ou porque não quer e depois ninguém agarre a equipa? Já aconteceu... mais de 3 vezes...


Ele ele é teimoso, mas sabe disto. Dar o braço a torcer a quem lhe fala disto, ele nunca vai dar.

O que faz Jesus? 

1) Pede ao 2º avançado para vir ao meio buscar jogo, muito mais atrás.

2) Pede ao extremo direito para partir antes do meio campo. Ficar a fechar.

3) Pede ao defesa direito para defender à frente e ao central direito para fazer a dobra mais cedo e consequentemente Garay fechar a servir de "bombeiro" (porque é rápido) e Almeida ou Matic (zerinho) a compensar a central. 

E é isto que temos no Benfica.

4 posições a serem limitadas para um gajo poder jogar. Tornar 4 jogadores medianozinhos para ajudarem Enzo.

Volta a ter esta teimosia, Jesus. Uma teimosia que vai dar merda. Ou não tivemos cá para ver isto no passado recente?

Quando inventou contra a Académica que Gaitan era “!0” para a maioria das pessoas, mas que na verdade estava a fazer aquela posição do meio? Desistiu Jesus depois de ver que não dav? Qual quê! É até dar ou até perder.

Ou antes quando achou que Aimar podia fazer aquela posição demasiado recuado?

Eu não me esqueço.

E posso ter mil defeitos, mas nunca falo por acaso, mesmo que seja o primeiro a falar numa visão diferente e portanto bizarra inicialmente e esforço-me para nunca cometer o mesmo erro duas vezes igual. Ponto assente.

Ele é teimoso e nós não temos o dever de antever isto?

Como é que vemos o Sálvio agora? 

Só recebe a bola para lá do nosso meio campo de houver recuperação logo à saída do meio campo adversário. Como nós construímos as jogadas de início, ele pega na bola antes do meio campo e muitas vezes na zona central. Em vez de criarmos situações de 1-1 onde ele é o nosso melhor jogador do plantel, pega na bola e tem de passar médio- defesa lateral e central com mais que tempo para a dobra.

Ele fica atrás e não arrisca uma desmarcação, porque sabe que a bola nunca vai lá ter.

Acaba o jogo roto e sem ter a oportunidade de fazer o que faz melhor.

Neste jogo com Almeida já esteve no lugar dele, por exemplo.

Como vimos Maxi? 

A proteger o meio campo nas percas de bola do Enzo… com as costas descobertas e um extremo adversário ali… lá vem ele embalado. E quando é assim não é mau.

Maxi não é defesa, não se sabe posicionar. O jogo dele é a correr. O que acontece e os treinadores adversários sabem isto mais que bem… Metem um gajo entre o meio campo defensivo e os centrais.

Têm lá um avançado. Prendem os nossos centrais e bola nas costas de Maxi.

Vamos lá ver como sofremos os golos este ano? Força.

Assim! Sempre.

Porquê? Qual é o problema de facto? Começamos a ver?

Mais. Nas movimentações de Enzo com a bola, quantas vezes vimos ele a condizir em posse e a passar por Bruno Cesar ou Rodrigo sem trocar a bola? Sempre… Todas as jogadas.

Os 2 têm indicações para ajudar Enzo a sair dali. Descem. Perdem as movimentações ofensivas que é compensada com uma maior movimentação do nosso extremo esquerdo para o meio (Ola não consegue ainda) mas Gaitan e Nolito faziam-no melhor. Compensa o Lima...

E se nós temos 4 posições limitadas por ter ali Enzo, é nas compensações das outras movimentações que criamos situações de golo, ou então em jogadas individuais ou de Ola ou de Salvio.

Mas é assim que vamos ser campeões, caralho? É assim que chegamos a finais da Champions?

Em vez de lutar contra adversário, estamos a lutar contra a própria equipa e com problemas posicionais?

É assim que atingimos outro patamar?

Não, meu… é assim que a longo prazo vamos parar a 6º lugar.

Á base da mediocridade. A aplaudir o esforço. Vi isto vezes demais, para ter outra opinião.

Quantas vezes vi e ouvi e aplausos a Kandaurov? A Macahiridis? A João Manuel Pinto? A leo?, A Nuno Gomes, etc….??

Por chegarem espalhafatosos a cortes. Por se esfarraparem todos num corte? Por se esfragalharem a ganhar uma bola ou ressalto??

Tal como faz Enzo. 

E eu metia as mãos na cabeça. Como é possível aplaudiram este esforço todo, quando um gajo com mínima classe chegava ali, limpava a jogada e nem sujava os calções… e ainda saia a jogar, a construir.


*E o erro comum dos benfiquistas que prometi no inicio falar. 

O Benfica é povo e o povo quer espectáculo. O esforço pode ser “fabricado” como espectáculo e muito jogadores à falta de argumentos técnicos, capacidade e/ou conhecimento táctico o fazem, porque o jogador quer aplausos.

Os adeptos gostam, porque pensam curto.

Enzo é um cancro na equipa, na minha perspectiva, ponto final. Alastra-se a todos os jogadores.


Jamais defenderei o que a comunicação social diz de que Bruno Cesar é uma merda, que Rodrigo está uma merda, que Salvio acaba os jogos feito merda e que maxi é um ala de merda.

Jamais direi isso para defender Enzo.

Porque é ridículo!


2ª PARTE



Toda a gente merece a 2ª, a 3ª, a 4ª… oportunidade. Enzo não é excepção.

Mas se há primeira já não exista competência, porque razão dar “n” oportunidades a um só gajo, deixando Almeida e André Soares de fora, quando cumpriram coisas básicas que Enzo não cumpre?


Já nem vou bater muito na tecla que o Tuga falha um lance é encostado, um argentino  ou um brasileiro pode falhar 20 que continua a ter oportunidades. Para a generalidade dos adeptos e treinadores. Não há distinção.


“O Enzo está a desequilibrar bastante”; “O Enzo foi um dos melhores na 1ª parte”, “Enzo é um equilibrador d equipa”.


Oiço coisas impressionantes. 

Mas ainda têm de me mostrar isso, para eu conseguir ver. Fico à espera.

Primeiro que tudo e para quem tem dúvidas, esqueça os desenhos da Uefa, esqueçam os desenhos dos jornais que só escrevem merd@, nem sequer sabem ler um jogo…

O Benfica defende em 4-1-3-2 e sai a jogar num 4-1-3-2 ponto final!










Não é portanto apenas o Rui Santos que tem problemas de precepção visual, é a generalidade dos jornalistas portugueses, honra ao Freitas Lobo, que podem dizer o mal que quiserem dele, é o único que vê futebol como um treinador e joga “xadrez” com as tácticas.

O resto é lixo, ainda por cima lixo clubístico. De todos os 3 grandes! Sem excepção.

Mas ‘bora lá falar do rendimento efectivo do Enzo sem falar ao acaso?


ISTO É FUTEBOL! E é só para quem quer. 

“A primeira parte espectacular de Enzo no Spartak” (TODOS os lances em que participou, tirando os livres e cantos que cobra e nem cruza mal. Sempre tenso, não tem resultado não é culpa dele.)

Enzo é o responsável pela saída para o ataque.

Posicionamento (e o porquê de nunca estar pronto para sair. Zero)







Todos estes lances saiu pontapé para a frente do central já apertado. Os adversário chegam primeiro ao central que Enzo ao lugar que devia de estar desde que a bola sai das mãos de Artur.


Bola perdida.

Hoje em dia vimos Artur a mandar pontapé para a frente.

Perguntam vocês inocentemente e sem pensar porquê?

Resposta: Enzo.

É o primeiro a ter de estar ao lado de Almeida a marcar.



A bola sobra para o 2ª gajo do Spartak que remata à vontade à baliza.

Repete-se jogada atrás de jogada. Não posso meter aqui 25 imagens por segundo... em 90 minutos.

O que é que ele tem na cabeça? Ficar à mama para o contra ataque.

Muito bem. É Argentino tem as costas quentes com o treinador, Protege-se.

Não é caso único. 

Um lance de contra-ataque Russo:


video

Ficou parado, arrancou tarde. Todos se posicionaram. André almeida inclusive.
Deu 4 metros ao gajo. Valeu Artur…

Temos os 4 passes, dos 6 que fez na primeira parte e duas intersecções.


video

Passes para trás e intersecções de 2ª bola. Ressaltos, sorte.


É isto o espectacular? O Difícil? O equilíbrio que lhe dá o luxo de vestir o manto sagrado? 


Eu considero o quebrar do jogo constante, de alguém que não levanta a cabeça e não faz o que lhe é devido. Não dá fluidez ao jogo e ganha bolas ao acaso porque vai ali a passar. Se fosse de propósito fazia isto mais vezes. 2 ou 3 recuperações por jogo, não é "saber" certamente.

A baixar muito o nível do Benfica poderão dizer que é bom ou não é mau.


Depois temos aquilo que Enzo faz sem precauções. Quando se desmarca ou quando pega na bola vindo de trás.

Cabeça para baixo, olhos só vêem bola e aí vai ele. Decide quase sempre mal…

Foi uma boa jogada. Arrisca passar no meio de dois que podia ter sido terrível, mas como se safa, tudo bem. Não critico. Já se perdesse a bola como é normal passava-me! Não foi o caso desta vez.

Grande jogada. Devia ter feito uma escolha melhor no final, mas como se sabe, não levanta a cabeça… Qual Aimar… o passe é mau, invariavelmente:

video


Mas jogadas destas teve o Rodrigo 4, o Salvio 2, etc.... Um pouco mais à frente e decidiram mal no final… O primeiro saiu ao intervalo. Bem, mas por outras questões tácticas, sobretudo de meter Cardozo a segurar os centrais.


Temos então a jogada que numa segunda vaga ele está colocado para remate.  

O desperdício. Ele sabe lá rematar do meio… Só um gajo tontinho é que pensa que sim. 

Um dia, depois de mandar 40 remates, talvez faça um golo…

video

Mas não importa porque depois faz isto e recebe ovações…

Para gáudio do público. Uma coisa espantosa.


O nosso Leo em acção. No esforço. Na raça…:


video


CORTE DE ENZO PARA A PLATEIA VIBRAR!

Parece um golo! Oiçam as bancadas!

Enfim… é um bom corte sim senhor. Para quem não mexe o cú em consonância com a equipa 90% do jogo estes sprints e estes corte malucos só lhe fazem bem ao coração.

Os 2 putos fazem isto na boa, sem ser preciso tanto show off, mas os aplausos sabem bem de qualquer maneira, quando é um estrangeiro a fazer isto.

O que enzo fez:

Driblou adversário com olhos na bola, apenas e sempre. 


Ganhou falta. Levou um toque fez um espalhafato, parecia que tinha sido violentado com um bastão de ferro.



video

Mais um número circense de rapaz... como se as deficiências posicionais não fossem já suficientes para estragar o jogo.
Meti este vídeo, porque ele joga à bola, mas principalmente por causa da mensagem dos comentadores. Ele não fez nada de eficiente, mas os comentadores dizem que “está num excelente momento de forma”… “está um bicho cheio de força”

Pqp… é que isto passa como mensagem. E as pessoas acreditam mesmo nisto… Fazer o quê?

Adiante:
video

A jogada que mais vemos de Enzo. Recorrente. A fuçar, perde a bola.

Over and over again...


Depois a única coisa jogada individual que fez e que parece ser um júbilo.




video



Totalmente igual à anterior, mas tem sorte e passa. É preciso recuar 4 jogos para ter visto Enzo fazer isto pela direita. 

Nota que depois daquela imagens de posicionamento medicore, esta foi a única desmarcação para lhe passarem a bola que fez em TODA a primeira parte.


A única. Podia ter feito a jogada normal do Benfica que vão ver qual é já a seguir. Não.


Agarrado, quis fazer tudo sozinho.


É disto que o Benfica tem de depender? 1 jogada destas que ele é capaz de fazer vindo meio de 4 em 4 jogos?

Depois o mais importante de tudo. Aquilo que Enzo deveria mesmo fazer e não faz, não sabe.

Fazer o que Almeida fez no seu lugar.

Enzo acaba por participar e bem na jogada. Faz um passe simples numa jogada mais que mecanizada no sistema de Jesus, mas que com Enzo acontece pouco.

Com André Gomes fizemos 8 vezes esta jogada, com Carlos Martins 14, com Enzo Perez fizemos UMA.

UMA vez a jogada típica do Benfica e a que trás mais sucesso.

1) O médio centro leva a bola. Cabeça levantada, deixa a equipa movimentar-se, 
2) pisa a bola e roda
3) Volta atrás trazendo o trinco com ele
4) Mete a bola atrás no central que solta o trinco, neste caso Enzo faz a vez do outro… porque neste jogo o mais recuado descaia na direita e não na esquerda, como é normal com Matic.

Tempo suficiente para ficarmos com a linha de 5 avançados, se repararem bem na linha recta de Melga -Rodrigo-Lima-Salvio-Maxi (costumava ser Javi , às vezes Witsel, a fazer este passe, agora deveria ser Matic… trololol)
5) Enzo apenas tem de fazer um passe para um dos 5, a rasgar.

E fez bem atenção. Mete no mais fácil Melgarejo. Mas o mérito é todo do Almeida que joga alguma coisa à bola no meio.


Básico para um médio centro… Enzo não é capaz de fazer aquilo que Almeida fez. NUNCA.



video

O Enzo tinha de estar constantemente a fazer aquilo que o Almeida fez.

Consecutivamente… mas nunca vi acontecer com ele. Esta é a principal função dele. Fazer o que o Almeida fez.


Ele é ZERINHO! É isto que faz os desequilíbrios do Benfica, porra! [/B]


E porque é que eu sei isto? Porque aponto.


O Benfica precisa de fazer esta jogada em média 4 vezes para fazer um golo. Sei que se não acontecer à primeira e/ou à segunda as probabilidade de ser na 3ª jogada ou 4ª o golo aparece.


Nessa altura mudo de posição para isso no mercado.


Acontece. Profit.


E é isto… puxando a brasa à minha sardinha, e porque as pessoas são como são…


Oiçam o que diz Pedro Henriques no que toca à solidariedade de Enzo Perez. Sem no entanto referir o nome…


Às vezes não sei se é por não saber se é para se proteger.


E quando não sei não arrisco, mas aqui está um caso em que podia se ter sacrificado pela equipa e levar o amarelo… não fez falta quando devia. (E aquele 2º amarelo que levou para o campeonato, não foi sacrifício, foi rabiado e foi atrás espetar paulada!)


video






Oiçam… ”tinha de fazer falta”. Não fomos ao intervalo a perder, por sorte. E por culpa de quem…

ENZerinho. E ainda tenho de ouvir que foi um dos melhores…

Perdemos na Rússia, por quem? Esta merda, Enzerinho..

Santa paciência :fp:

Jardel ao 1º poste nunca corta a bola. Foi assim que sofremos os golos… quase sempre assim.

Enzo falha a falta e o corte, apanha Maxi mal posicionado, Cruzamento ao 1º poste Jardel nem tenta chegar à bola.

TAL E QUAL COMO NA RÚSSIA.

Valeu Garay que é dois em um, aqui.


E é por isto que eu quando falar de Enzo agora, é no “ENZRINHO” e sem mais justificação. Acho que já disse e mostrei tudo.

Não é aquele 6º vídeo que muda alguma coisa. Mijões é para equipas fracas. Não tem o meu apoio.

O André Gomes e o André Almeida já mostraram que conseguem ser over9000 ao Enzo.

Mas de longe…

Se querem ver outro jogo diferente do que acontece, o problema não é mais meu.

Prefiro jogar com um meio campo fraco com dois tugas jovens que com um campo fraco com um Argentino e um Sérvio...

E reparem que eu nem falo do Matic. Não é preciso. Ele é mau, mas não é cancro.

Estás avisado ENZO. 


Mais vale desertares outra vez, cabrão!



11 comentários:

Anónimo disse...

Esta encontrado o futuro treinador do Benfica.

Rearviewmirror disse...

Excelente trabalho de recolha e análise de material.
Depois de ler tudo, tenho que deixar aqui algumas considerações:

1. Enzo não é um fora-de-série. É um médio-direito (não confundir com um extremo) com algumas qualidades, que o tornaram no melhor jogador do campeonato Argentino nessa posição.
Como tal veio valorizado embora não me pareça que valha os 5M€ que se deu por ele. Veron achou-o indispensável no Independiente, e as boas exibições levaram-no á selecção Argentina e ao Benfica.

1.1- Devido ás suas características, e atendendo á táctica que o Benfica usa, não se percebe "á priori" a sua contratação.
Jesus nos ultimos 3 anos jogou normalmente com um extremo rompedor para causar desequilíbrios [Gaitan, Nolito,Salvio,Di Maria], e um outro médio (direito ou esquerdo) para equilibrar a equipa [Witsel, Ramires].
Como Witsel's e ramires não aparecem todos os dias [acho que o jogador que encaixava como uma luva no nosso sistema se chama Manuel Fernandes] JJ decidiu arriscar e tornar Enzo num 6/8/10, quando ele na Argentina apenas fez um desses lugares esporadicamente no Independiente..

E aqui aparecem as duas premissas pelas quais não faço uma crucificação sumária do jogador:
1.1.1 --» Quem o pôs lá a jogar, numa posição que não é a dele, foi o treinador. Ele poderia recusar jogar numa posição que não é a dele como Ruben Amorim fez? Podia. Mas não o fez, e decidiu sacrificar-se pela equipa.

1.1.2 --» Enzo não é Aimar, Witsel ou Ramires, nem pouco mais ou menos e é completamente injusto ser comparado a esses jogadores, na forma de jogar. É um jogador diferente deles todos e é impensável que se pense que jogador X consiga fazer exactamente o mesmo que o jogador Y, só por ir jogar para o mesmo sitio. Ele joga com as suas características de médio direito, e claro que é um jogador mais analisado (e até poderá ser crucificado) por jogar numa das posições mais importantes da equipa.
1.1.3. Quem poderia fazer a posição dele neste momento?
Pois... É que eu não vejo ninguém...

2. Pode ter muitas falhas tácticas ao longo de um jogo, (sinceramente não me parece que sejam assim tantas como dizes) mas acredito que ele vá melhorar com o tempo. Com a nossa maneira de atacar, sempre com os laterais bem subidos, os seus falhanços no meio campo podem vir a ser pagos com golos adversários.
Mas não posso esquecer dos pontos 1.1.1 e 1.1.2 e 1.1.3

E o mais importante, é que mesmo com ele em jogo, continuamos a ganhar jogos.
E neste momento isso é o mais importante, que ele possa evoluir em campo, mas que acima de tudo fça das suas fraquezas forças para continuarmos a ganhar jogos.
E aí nem estamos assim tão mal quanto isso.

3. Para mim o maior problema do Benfica chama-se Matic.
O resto, os "pseudo-problemas" que nos arranjaram ao longo desta época (Melgarejo, Jardel, Enzo, Ola John), vão sendo atenuadas paulatinamente com vitórias e bom futebol

Anónimo disse...

Não é tão mau como lhe o pintas, nem tão bom quanto os 5M€ faz parecer.

João Silva

RedFox disse...

Bom...

Primeiro que tudo, não se esqueçamos que um rato é um rato.

Foi ele que se ofereceu para jogar ali. Jesus foi na cantiga porque não comprou pelo menos mais um médio centro, como devia ter feito e desorientado aceito a proposta de Enzo.

A esta hora já devia ter visto que ele não é jogador para ali.

Mas nós sabemos os acordos de Jesus com jogadores.

Emerson remembered. etc...

Ele continua desorientado e não faz o que tem de fazer. Meter os putos a jogar.

Eu não comparei Enzo a ninguém!

Nem a Ramires nem a Witsel. Esse é um pressuposto que se assume, sei lá porquê.

Eu falei em ter ali ao menos um médio mediano.

Enzo é zero. Nem é mediano nem bonzinho. É zero.

E o problema não é agora enquanto os outros se sacrificarem por ele.

Falo dos outros jogadores.

O problema está a ser alertado muito ntes de eles rebentarem este ano.

Esse é que é o problema.

Porque quando isso acontecer que será mais cedo que o ano passado, aí já ninguém sabe o que fazer e temos Jesus de cabeça perdida a repetir erros consecutivamente.

Entramos em modo "sporting" num instante.

Mas como sabes, cancros eu detecto-os todos.

E também sabes que só fomos campeões quando eles saíram.

Como tal, apelando a minha visão fenomenal, espero que percebas o que estou a dizer e porquê.

lololololol

RedFox disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
RedFox disse...

Se alguém me der um video do Enzo a correr de cabeça levantada ou se alguém me der um exemplo de um médio bom que não levante a cabeça com a bola nos pés ou ainda que algum jogador tenha aprendido a jogar no meio e de cabeça levantada aos 25 anos.

Eu retiro o post e nunca mais falo nisto.

Isto devido "à esperança, de um sonhador, que ele se faça jogador ali ainda.

ganda disse...

tirando o jogo de glasgow ainda nao vi nenhum jogo do benfica.

parece que nos vamos safando, mas nao tenho feeling. talvez seja pelo enzo ou pelo matic, nao sei. alguem que me convenca a ver um jogo da bola este ano?

Anónimo disse...

Foda-seeeee

Anónimo disse...

CARREGA REDFOX!!!

PARA CIMA DELES

Anónimo disse...

FAzendo uma analogia entre a situação de Enzo, e uma detenção nos EUA, se o argentino fosse preso, era posto cá fora rapidamente por falta de provas.

Uma coisa são momentos de jogo, outra são a dinâmica que se empresta à equipa, outra coisa é aquilo que o treinador quer que determinado jogador faça.

Pedro Pereira

Anónimo disse...

Também me parece que no estates são tão estúpidos que analogamente o metiam cá fora.

E O JESUS DEVE SER AMARICANO.