terça-feira, 4 de junho de 2013

Jesus escapa cruxificação, benfiquistas continuam no calvário

A minha única dúvida é se Djuricic acrescenta tanto, como acrescentou Ramires.

Se volta a dar inteligência de jogo à equipa, se trás capacidade táctica e que todos possam evoluir bem, a partir de uma solidez e não de fugazes repentinos, que sem amarelinha se apaga antes do tempo, ou seja, em Fevereiro , antes das competições europeias.

Independentemente dos defesas laterais que venham ou não a ser adquiridos ou de 2 ou 3 jogadores que possam ser vendidos, para o consumo interno, que é o mais importante, apenas falhamos redondamente em utilizar Enzo.

Temos 7 extremos e portanto não me assusta a venda de dois deles.

A venda de 1 ponta de lança também não é preocupante e se financeiramente for positivo, melhor.

No meio campo está a chave e nós tinhamos a certa (Gomes) e utilizamos a errada, custou-nos tudo.

É nesta perspectiva que encaro a renovação de JJ.

Contratar uma equipa para não dar espaço a que JJ invente por ele.

Vai ser difícil travar o egocentrismo dele, que vai querer naturalmente meter o seu cunho, para levar os louros todos.

Confiança em Vieira e Rui Costa, e deixar JJ meter os pinos no treino.

O resto é automático. Grande parte dos nossos jogadores seriam estrelas em qq equipa. Com JJ demora mais e não se aproveita ao máximo, sobretudo não se capitaliza em títulos.

Rédea curta à incompetência, para dar frutos o trabalho e esforço da direcção.

Já agora desejo para o próximo ano que quando JJ, falar em nome do Benfica, que se contenha.

A basófia é e foi utilizada até à exaustão, antes de ganhar alguma coisa. Há muitos Benfiquistas assim e que depois mais do que não terem clareza dos erros que são cometidos, permanecem na utopia das vitórias morais, chegando a voltar a apontar arbitragens, como se nós precisassemos disso, mas a maioria não é assim na sua essência, acredito. Nem pode sê-lo.

Não somos Sporting, não somos Jesus, ele é que tem de ser Benfiquista.

Quanto menos JJ tiver de escolher, mais perto estaremos do sucesso.

É impossível meter inteligência em alguém com manifesto deficit cognitivo e que, apesar do esforço, vê a sua capacidade trai-lo quando arrista emparelhar dois raciocínios em 2 frases complementares.

Não deve existir espanto, por isto, quando duas ou mais opções técnicas são incompatíveis, mas continuam a ser repetidas. É um processo normal da incapacidade interna do raciocínio que nos momentos de êxtase final, quando existe transposição do corpo, ao constatar a realidade que vem com violência no embate, não resolve numa evolução por limite orgânico, isto é, impossibilidade de se renovarem neurónios numa mente, num sistema já gasto.

Mas não é impossivel obter bons resultados com o paciente, se for bem limitado nas suas alegorias.

Começamos a próxima época, com a certeza de que o nosso maior adversário é interno ao clube. Igual aos 3 anos anteriores.

Só ficará escandalizado com a secura de titulos quem vive o Benfica a sonhar, mas realisticamente já referi como dar a volta a isto. Margem limitada ao treinador.

Medicação ajudaria, apenas se o doente aceitasse. Obviamente não se observou, pois ao invés do pedido de reforma antecipada por invalidez, houve uma renovação de contracto.

Preocupa-me mais quando sou eu a pagar o ordenado, como é o caso do presidente palhaço de todos nós. A situação é a mesma. Curiosamente o síndrome de Estocolmo também se verifica. Mas isso dava pano para mangas.

Força Vieira,  carrega Benfica.

36 comentários:

ganda disse...

Contrato milionário para o gajo que acabou de perder 4 competições! este ano nem a taça da liga ganhámos! Loucura

É certo que ninguém joga sozinho (como ninguém discute sozinho), mas o JJ teve as melhores condições dos últimos 20 anos e da era Vieira. Já não há desculpas, ou o benfica deixou de ser benfica e passou a ser Arsenal? joga bem, talvez para o ano?

Para mim este ano o campeonato foi fraco e contra fracos uma boa meia equipa ganha. Os únicos jogos que realmente vi o Benfica jogar bem foram contra o leverkusen e contra o Chelski. Mas porra até o WBA ganha ao city na final da taça, por isso não fico euforico a ver este jogos. Fiquei foi deprimido para a época toda depois de ver o jogo em Glasgow. Menos mau o jogo em St. James Park - mas nada que deslumbrasse.

O positivo é que deixaram as novelas (á la FCP) e já temos 3-4 contratações interessantes para a nova época. Preocupa-me a defesa caso o Garay saia. Jardel fodeste tudo ao não cortar a bola para a linha lateral no segundo golo do Chelski. O meu desejo para 2013/2014 - Maxi no banco ou na bancada. Ou então aprende a defender meu cabrão, não é para deixar meio mundo fazer cruzamentos, a 3 metros da bola com a tua altura fenomenal não cortas nenhum!

Bahh

RedFox disse...

Também já não vou à bola com o Maxi há uns valentes jogos, mas temos de perceber que enzo descce ali. Nem Maxi, nem Salvio podem render muito...

Por outro lado sofremos 58% dos golos pelo lado esquerdo. 31% pelo meio e 11% pelo lado direito.

Fica na cabeça os golos com o Porto?!? Pois fica. E até o do Ivanovic foi ali, de bola parada, com o Estoril? Pois...

Tudo a carregar no lado que o Enzo descai. Não são todos burros.

Nas fases finais em que todos os promenores contam, somos os únicos, mesmo.

Tirar o ponta de lança para por um extremo e puxar o Gaitan para o meio.... 23 golos sofrido assim em 3 anos. 5 em 4 jogos a acabr a época, quando se jogava tudo.

É puxado, para ter a sorte sempre a proteger. Ou o Arur a defender bolas impossíveis nos últimos minutos em 7 jogos, desta época que deram 3 pontos.

Depois há os que ficam bem na foto e os que ficam mal. Há jogadores que sabem dominar ito.

Repara a diferença: Cardozo tem de sair depois da indisciplina no Jamor.

Enzo continuou incocável depois de fazer o mesmo em Amesterdão.

Os cancros têm sempre forma de ficar. Mas deixo as analogias com a doença para ti, que percebes muito mais disso que eu.

O Rear está todo contente. Já reservou a rotunda, de certeza...

Nem te conto as vezes que o telemovek se desligou quando ia a caminho de Faro, depois de ser enrabado na Luz.

Nem te conto....

Anónimo disse...

Tanto disparate junto...

ganda disse...

Adoro Anons! desperdicio de bits...

Anónimo disse...

"A minha única dúvida é se Djuricic acrescenta tanto, como acrescentou Ramires."
Jogadores e posições incomparáveis.

"se apaga antes do tempo, ou seja, em Fevereiro , antes das competições europeias."
Então como é que explicas termos chegado á final da Liga Europa?

"Temos 7 extremos e portanto não me assusta a venda de dois deles."
Temos 3 muito bons (Gaitan, Salvio, Ola John) dois que safam em alguns jogos.(Urreta, Nolito), o resto não conta


"A venda de 1 ponta de lança também não é preocupante e se financeiramente for positivo, melhor."
Não pode sair nenhum. por 12M€ não se arranja nenhum avançado que marque 27 golos por época (em média) nos ultimos 5 anos.

"No meio campo está a chave e nós tinhamos a certa (Gomes) e utilizamos a errada, custou-nos tudo"
Pode ser bom jogador, mas infelizmente em campo, não é isso que tem mostrado. Percas de bola umas a seguir a outras, exibições desastradas (como agora em Toulon no meio dos putos de 20 anos), falta de maturidade e consistência. Mais facilmente é André Almeida titular que ele.

"Grande parte dos nossos jogadores seriam estrelas em qq equipa. "
Como já li algures aqui, temos apenas um internacional titular na sua selecção.
Coentrão, Di Maria, David Luiz, Javi Garcia, Witsel, realmente aqui eram estrelas. Agora nos seus clubes já não o são, e todos desceram o seu valor de mercado. Agora são Matic, Garay e Rodrigo, jogadores contratados a preço de saldo, que JJ capitalizou (e bem)...

E podiamos continuar...


João Carlos Silva



RedFox disse...

Por falar em disparates...

"Jogadores e posições incomparáveis"

De facto os jogadores são incomportáveis. Enzo não tem uma função, tem um objectivo - ganhar faltas. Que tenso o Benfica de Jesus estes 3 anos uma média sempre acima dos 65% de golos em contra-ataque, este ano baixou para 24%.

Já a posição de Djuricic é aquela que seria ocupada por Enzo. Não conhece, vai devagar na opinião.

Djuricic é um 8, que sendo estrela da sua equipa vestia o 10. O Heereveen jogava com 4 defesas, dois médios defensivo e Djuricic à frente destes. Depois dois extremos e um ponta de lança fixo.

A sua criatividade, capacidade técnica e visão de construção de jogo, colocando-o no 4-4-2 aleijadinho de Jorge Jesus, exactamente no lugar de Enzo!

Com a facilidade que JJ coloca extremos a defesas, porque o que interessa é que corram muito, ou extremos a médios centro, porque gostaram no pedido de desculpas dele, depois de desertar, não me surpreende que coloque o Djuricic a extremo ou a avançado...

É mais do mesmo. Mas a defesa central ficava lixado. Só porque não tem formação para fazer essa posição e ela é necessária e imprescindível. Tal como colocar um médio, tás a ver?

RedFox disse...

"Então como é que explicas termos chegado á final da Liga Europa?"

Com o que jogamos e pelas incidências do jogo, que não entram nos planos metafísico delirantes, chegamos lá, por sorte.

Qualquer das 8 bolas ao poste, tiravam-nos de lá. Mas a sorte também conta. Tanta vez, foi caso único. Ainda bem que não calhou nenhuma equipa conhecida de JJ ou saltávamos mais cedo. Tipo um Braga na meia final.

RedFox disse...

"Temos 3 muito bons (Gaitan, Salvio, Ola John) dois que safam em alguns jogos.(Urreta, Nolito), o resto não conta."

Temos também Enzo, que eu não sei se joga bem na sua posição. Só sei que médio centro, ele não é nem nunca foi. Nem sabe se-lo. Daí que Rui Costa tenha escolhido Djuricic.

Se Urreta e Nolito, não contam para ti, é a tua opinião. Se Jesus não conta com eles, é a opinião dele. Mas eles estão lá no início da época, se não forem vendidos antes.

Há piores extremos a jogarem em Portugal e são campeões.

RedFox disse...

"Não pode sair nenhum. por 12M€ não se arranja nenhum avançado que marque 27 golos por época (em média) nos ultimos 5 anos"

A minha opinião de Cardozo, é de que é o melhor ponta de lança que passou por Portugal depois de Jardel. (Homem golo.)

Falei por causa da questão de balneário. Se Michel não conta, se Hugo Vieira não conta, se Mora não conta... não dessem possibilidade ao Jesus para os contratar.

Todos nós vemos que nenhum tem capacidade para fazer essa quantidade de golos/época.

Talvez exceptuando o monga que renovou por mais 2 anos.

RedFox disse...

"Como já li algures aqui, temos apenas um internacional titular na sua selecção.
Coentrão, Di Maria, David Luiz, Javi Garcia, Witsel, realmente aqui eram estrelas. Agora nos seus clubes já não o são, e todos desceram o seu valor de mercado. Agora são Matic, Garay e Rodrigo, jogadores contratados a preço de saldo, que JJ capitalizou (e bem)..."

Coentrão não sabe que mal fez à gente de Madrid.

Di Maria não é estrela? David Luiz não é estrela? Javi não é estrela? Witsel não é estrela?

O primeiro faz tantos jogos como o Ronaldo, o segundo tinha uma votação dos fãs para ser capitão, é campeão da Europa, o 3º e apesar de não ser campeão Inglês e o jogo do City não ser bem para a (pouca) velocidade dele, jogou bastante.

Se desceram o seu valor de mercado? Vamos compra-los então a ver se conseguimos trazer algum, né?

Matic 5 Milhões e Garay 10 Milhões, foram contra pesos muito bons de outras negociações e que escolhemos de entre aqueles que os seus clubes nos davam a escolher. Escolhemos bem, mas Matic já foi contractado por Mourinho para o Chelsea antes disto e Garay já era mais que conhecido.

Capitalizar Matic ainda aceito, pese embora tente perceber, que se era uma aposta assim com tanta certeza de JJ, porque não jogar mais com ele, no ligar de Javi, quando o ano passado o espanhol andava todo mamado e a agredir jogadores por isso?

O Rodrigo, que custou já era uma enorme esperança, tanto que Espanha o naturalizou para poder contar com ele, é uma pena que continue no mesmo nível há 2 anos.

Mas podia continuar, porque é o treinador que temos.

Capitaliza muito lento, jogadores que são caros, bons e que já vêm praticamente feitos. Se falta evoluir mais, ou titulos que lhes dê pestígio só há um culpado.

Embora isto seja como tudo. Se não se souber quem é... é como novo. Para o génio das chiclas lapidar. O que acontece, se por acaso não estragar.

RedFox disse...

E já agora, porque se questionou antes, o porque não se perceber como a estatégia da direcção mudou com Fernado Santos, no investimento, por apenas 3 jogadores da primeira época dele, jogarem com Jesus, estamos concerteza com a memória curta.

O primeiro anos de Fernado Santos foi a mudança, o segundo o investimento que foi feito toda a pré-epoca com ele.

Foi despedido depois da 1ª jornada e Quique jogou com a equipa de Fernado Santos + Reys.

Dessa equipa, quantos foram campeões com o Jesus? 14 jogadores + Ramires.

Está explicado.

RedFox disse...

Fernando Santos ou era despedido depois dos maus resultados do primeiro ano, ao nível de Jesus, ou não se despedia no inicio de uma época.

Quique, acho que é unânime, um erro de Casting, que jogava com um 4-4-2 impossível para os jogadores que tínhamos.

Jesus foi então uma aposta.

Perdemos a aposta ao fim de 4 anos. E renovamo-la por mais 2....

.... para ele não ir para o Porto.

Que hoje em dia, parece ser um argumento suficiente, para alguns adeptos.

O Benfica é muito mais que isso. Isso é o tamanho do Jesus.

Anónimo disse...

Mentira.
Mesmo com as bolas aos postes com o Bordéus e Leverkusen, ganhámos os 4 jogos.
Por isso há algo aí que não bate certo, ou então estás a mentir deliberadamente.

João Carlos Silva

Anónimo disse...

Mesmo assim não são 7 como disseste.
E Enzo a extremo é "assim-assim".
Falta-lhe velocidade

João Carlos Silva

Anónimo disse...

E quem te disse que foi Jesus que os contratou?
Andas mal informado.
Hugo Vieira foi aposta pessoal de Rui Costa.
Isto sei eu, porque conheço pessoalmente a família do jogador do Benfica/Gil.

João Carlos Silva

Rearviewmirror disse...

Sorte é acertar o Euro milhões... lo
Chegar a uma final Europeia com sorte... essa nunca tinha visto.
Com 8 jogos, 6 vitorias, um empate e uma derrota....

"sorte nada, xampa! "

RedFox disse...

Sorte.

Muita sorte.

RedFox disse...

Eu também conheço pessoalmente muita gente.

Falaste do Hugo Vieira, podias ter falado do Michel ou do Weldon, etc...

Acredito perfeitamente que a prospecção de Jesus não chegasse a Hugo Vieira.

RedFox disse...

Se Enzo a extremo é assim-assim, então não joga em lado nenhum?

Um filho da puta desertor, que fodeu uma época ao Benfica e nem a extremo onde se formou presta?

1 Gaitan

2 Ola

3 Salvio

4 Urreta

5 Nolito

6 Enzo

7 Melgarejo

Eu conto 7.

RedFox disse...

Rear, permite-me que te chame assim, face ao gozo que te dá as enrabadelas de Jesus, ficas admirado agora com aquilo a que eu chamo sorte?

Mesmo depois de já teres gasto linhas e palavras, no passado, a justificar a sorte do Porto chegar a uma final europeia, quer em adversários que saíram em sorte, quer em lances de golos, "sem saber ler nem escrever", que surgiram em alturas cruciais»

Sabes tão bem como eu que qq das bolas aos postes, a terem entrado, nos colocava a perder.

Mas mais que isso, os jogos sofridos que fizemos e que ninguém se admirava se tivéssemos sido eliminados mais cedo, como fomos da champions com adversários como Celtic e Spartak.

Mas como disse, a sorte também conta.

Mas não dura sempre. E mesmo com essa sorte na final (bola ao poste), ficamos a zerinhos.

Rearviewmirror disse...

Então andam-se a apagar posts?
Logo hoje que vinha com tempo para comentar sobre o André Gomes lololol

Rearviewmirror disse...

Nos últimos 4 anos apenas 3 equipas chegaram (pelo menos) aos quartos de final de uma competição Europeia:

Real Madrid
Barcelona
Benfica

Mais nenhuma.

Duas têm mais de 500M€ de orçamento.
Outra tem 85.
Sorte?

Não acredito em sorte.

Rearviewmirror disse...

Matic no primeiro ano fez 30 jogos, 17 a titular.
Também tinha ficado na ideia que ele tinha jogado pouco, mas os numeros estão aí.

Rearviewmirror disse...

"Capitaliza muito lento, jogadores que são caros, bons e que já vêm praticamente feitos. Se falta evoluir mais, ou títulos que lhes dê prestígio só há um culpado."

Muito lento? Num ano capitalizou David Luiz e Di Maria, passando D. LUiz da esquerda para o centro, e Di Maria do banco para a titularidade, jogando, como nunca mais jogou.
Em ano e meio fez de Coentrão um reles extremo, para um lateral de 30M€.
Num ano fez de Witsel um jogador de 6.5M€ para outro de 40M€.
Fez de Matic em 2 anos, um jogador dispensado do Chelsea, para um de 40M€.
Para não falar de Garay, Rodrigo, Melgarejo, etc.

E o engraçado, é que tirando Di Maria e David Luiz, conseguiu isso tudo sem ganhar titulos.
O que vai contra a tua teoria de que precisam de títulos para ter prestigio...

Nenhum jogo do campeonato português é transmitido na TV Espanhola, á já 5 anos.
O único que esta época deu, foi mesmo o Benfica-Chelsea... prestigio... claro que não.

Rearviewmirror disse...

Uma coisa é ser campeão, outra coisa é dizer que uma equipa foi a base da outra.

Entraram Saviola, Javi Garcia, Ramires, Di Maria, Cardozo e Coentrão para o 11 base.

Ou seja, nas suas posições sobraram Quim, Maxi e Luisão.

Aimar deixou de jogar a segundo avançado atrás de Suazo, e passou a jogar a 10 atrás de Saviola e Cardozo.
David Luiz foi jogar para central no lugar de Sidnei. Di Maria foi para o lugar de Reys. Ramires e Javi entraram para titulares...

Não percebo o que uma equipa tem a ver com a outra...

Rearviewmirror disse...

Realmente são 7. Claro que neste momento só contam 3...
Os ultimos 4 não têm a qualidade que um extremo nas equipas de Jesus têm de ter.

RedFox disse...

Não acreditas, não.

Tenho aqui uma sms tua a dizer que na final, faltou sorte.

Só acreditas é quanto te dá jeito.

RedFox disse...

Mas eu andava aqui a inventar números como tu?

RedFox disse...

Se fosse só isso que não percebes...

Tu percebes é muito pouco.

RedFox disse...

Prestigio foi uma coisa inventada por mim agora. Já me descobriste...

Que o prestigio se ganha com titulos, é claro, que vai a favor da minha teoria, que sendo campeão, metíamos mais gente nas selecções.

Di Maria custou 7.5 Milhões aos 18 anos. Bons olheiros. Joga o que joga hoje no Real, graças a Jesus?

E que crédito se dá a quem fez dele de zero a 7,5 Milhões?

Por exemplo....

RedFox disse...

Quem apagou foste tu.

Se metes eliminar e não tiras o tick de todos, apagas isso tudo.

Rearviewmirror disse...

André Gomes.

Rearviewmirror disse...

Bons olheiros? Obviamente que quando se dá 6M€ por 5 ou 6 jogadores, é maior o risco de se acertar nas contratações do que falhar.
Nós demos 7 por Sidnei, 4 por Balboa, 5.5 por Jara, 4 por Eder Luis, 3.5 por Makukula, etc
O FCP também deu 6 por Walter, 4 por Kleber, 4 por Stepanov...
O dinheiro por si só não é sinónimo de qualidade.

Di Maria em 2007/08 (F.Santos/Camacho) fez 45 jogos, 25 a titular, 20 a suplente, foi substituído 23 vezes (92% dos jogos). marcou 1 golo, fez 3 assistências.

Em 2008/09 (Quique) fez 35 jogos, 19 a titular, 16 a suplente, e foi substituído 16 vezes (84% dos jogos). 4 golos, 4 assistências.

2009/10 (com JJ) fez 44 jogos, 42 a titular, 2 a suplente, foi substituído 5 jogos (11% dos jogos). Fez 10 golos e 18 assistências.
Há aqui uma pequena diferença não?

Agora, dizer que sendo campeões se meteria mais gente na selecção, isso é falso.
Os jogadores são analisados por uma época inteira, e não por 2 ou 3 jogos em que se possam decidir títulos. Se fosse assim, o FCP tinha bem mais jogadores nas suas selecções do que aqueles que teve, até os seus 2 laterais que foram comprados por 30M€.

Em 2009/10 o Benfica teve um défice nas transferências de -27M€
Em 10/11 ficámos positivos em 54M€.
Em 11/12 foram +11.4M€.
Em 12/13 entre o deve e haver lucrámos 52.5M€.

Foram quase 90M€ de lucro... é muito dinheiro..

Rearviewmirror disse...

É preciso competência para se atingirem estes resultados.
Depois a diferença entre o ganhar e perder títulos, resume-se a pormenores.
Maior qualidade nos jogadores, na decisão, bolas aos postes, lances de arbitragem, etc.
O que interessa é ter a competência de estar nas decisões.
Mesmo tendo (muito) poucos ovos para fazer uma omelete.

Rearviewmirror disse...

Espectacular resposta ;)

Mas também era a única que esperava, porque não é preciso ser-se muito esperto para admitir que 3 jogadores não são a base de nada.
Nem para uma equipa de futsal dava.

Rearviewmirror disse...

Não apaguei nada. Zero.
Tu apagas o que não dá jeito.

Como o recital fantástico acerca do André Gomes (na famosa campanha anti-Enzo Perez), que alguém veio desmentir...

Como aquilo já estava muito martelado, e era complicado explicar, foi melhor apagar tudo.
Está certo.