segunda-feira, 9 de novembro de 2009

Olá, Boa noite.

Boa noite.
O meu nome é Filipe e pela primeira vez escrevo num blog tentando por este meio direccionar a minha opinião sobre o estado das coisas no Sporting, que de á cerca de 3 anos para cá tem vindo a ser constantemente ignorada ou mesmo repudiada em vários sentidos pelos sportinguistas que me rodeiam. Sou do Benfica mas acima do meu próprio clube sou a favor do futebol, o qual vivo com paixão pela sua beleza e força. A verdade é que fruto dessa mesma paixão que nos últimos 3 anos foram raras as vezes que tive prazer de ver um jogo de futebol do Sporting e que sofri constantemente com a ceguez de alguns sportinguistas próximos, um deles um dos meus melhores amigos (que não me atende o telefone á 2 semanas), que não eram simplesmente capazes de distinguir o prazer de sentir o desporto em causa e de se afastarem da ideologia criada pelos órgãos sportinguistas, de modo a que os adeptos do clube vivessem certas e determinadas situações com uma visão positiva em relação ao momento presente e em relação ao próprio futuro. A verdade é que estamos no século XXI e o futebol do Sporting não compadece com as exigências da evolução do próprio desporto.
Preocupado com os Sportinguistas, foram inúmeras vezes as que fui apelidado de "Benfiquista cego" ou mesmo de "Anti-Sportinguista". Estão muito enganados e esse julgo eu ser o principal problema de todos os sportinguistas. A verdade é que finalmente o verniz estalou (mais tarde do que eu previra) e as coisas finalmente vieram ao de cima. Não quero nem vou perder-me com temas que não me dizem respeito, por simples desconhecimento, porque não gosto de especular sobre o trabalho de ninguém, sobre coisas que não sei e acima de tudo não desejo o mal a ninguém que trabalha, seja para que instituição ou neste caso para que clube for.
A verdade é que fico triste pelas pessoas em causa (jogadores e profissionais) pela situação que foi criada, mas contente pelos sportinguistas, que julgo merecerem estar na situação em que estão ou até julgo ser necessário pela falta de uma boa identidade que o sportinguismo teima em não desenvolver. A base de todos os problemas está no futebol, não só nos resultados, mas em tudo aquilo que eu sendo correcto comigo próprio e amante do desporto defendi, e que sem clubismo associado sempre me foi "cuspido" de volta na minha própria cara. Espero acima de tudo que os tempos melhorem para a equipa de futebol do Sporting, porque gosto de ver futebol e verdade seja dita nos últimos anos, dos 20 jogos (em média) que tenho visto do clube: 2 são bons, 2 são razoáveis, 2 são mediocres, 6 são fracos e 8 são extremamente fracos. Tudo isto porque nunca gostei da atitude que não considero pró-futebol que a equipa sportinguista evidenciou nos ultimos tempos e que a meu ver, não vence nem em Portugal nem em lugar nenhum do mundo.
Portanto aguentem-se.
Esta é a minha opinião.
Uma boa noite a todos, especialmente aos sportinguistas que julgo hoje precisarem mais.

2 comentários:

rearviewmirror disse...

Bem vindo filipe pires.
Belas palavras que diriges,fica já aqui um muito obrigado pela participação de um atleta olimpico portugues neste blog.

Um bem haja.

ganda disse...

Welcome!